Rapper Scott D emigra para novos estilos no primeiro disco a solo

Luanda – O músico angolano Rui Lourenço Mateus, de nome artístico Scott D, notabilizado no estilo rap, coloca à disposição do público, em Agosto, um single promocional da sua primeira obra a solo, com novas variantes rítmicas.

Intitulado “Meu Verdadeiro Eu”, o disco conta com seis temas cantados nos estilos gueto zouk, kizomba, dance, R&B e uma fusão de kuduro e rap. Contou com as participações de Konde, Nikila, Simimi Ni Moyo, Laranjinha e Djamila D’elves.

O português, inglês e o lingala são as línguas predominantes das músicas, que retratam, entre outros assuntos, o amor, delinquência juvenil, as festas de Luanda e a coragem e determinação do angolano na resolução de certos problemas.

Totalmente gravado e produzido em Luanda, nos estúdios Killa Record, Ritual Sound, Beautfull Beats e Level Crónico, o álbum inclui as faixas musicais “Boémio”, “Fim do Dia”, “Verdadeiro Amor”, “Cada Com Uma Garrafa”, “Giboia” e “Uyu Yuyu”.

Em declarações hoje à Angop, o músico frisou que o cd está nesta altura em fase de edição na África do Sul, estando previsto uma tiragem inicial de cinco mil cópias para avaliar a sua aceitação no mercado, nessa nova aventura de estilo.

“Estou preparado para este novo desafio e a concorrência que encontrarei no mercado, mas acredito que o disco será bem recebido uma vez que as poucas pessoas entendidas na matéria que o ouviram elogiaram-me” – vaticinou o artista.

Relativamente ao título, explicou dever-se ao facto de estar a se estrear com uma obra discográfica individualmente, na qual poderá mostrar toda a sua habilidade e projectar melhor a sua carreira e imagem pessoal.

Nascido em Luanda na década de 80, Scott D iniciou-se na música em 1993, como integrante do grupo Big Squad, com o qual chegou a publicar o disco “Evolução”, em 2008, juntamente com os primos Mbimby Ya Nzamby e Devorant.

Fonte: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA