Provedor de justiça aconselha jovens a abdicarem da delinquência

Uíge – O provedor de Justiça, Paulo Tjipilica, apelou hoje, na cidade do Uíge, os jovens reclusos do estabelecimento prisional local a pautarem pelo bom comportamento e a não se dedicarem a delinquência.

Falando no termo da visita de 48 horas à província do Uíge, Paulo Tjipilica lamentou o facto de existir no estabelecimento prisional local muitos jovens detidos e condenados pela prática de crimes de furtos e homicídios.

Segundo o responsável, muitos destes cidadãos, na sua maioria jovens, seriam úteis para a sociedade se estivessem dedicados a formação académica e profissional, engrandecendo e fortalecendo às suas famílias e o país.

Na ocasião, pediu mais paciência e a se comportarem bem para que quando um dia forem soltos possam mudar e serem exemplos para a sociedade.

Lembrou, por outro lado, que o Provedor de Justiça não se imiscui nas atribuições dos órgãos com a atribuição de administrarem os serviços de justiça no país.

Mostrou-se ainda preocupado pelo facto de muitos cidadãos aí encarcerados não possuírem de qualquer documento que os identifica.

Por outro lado, Paulo Tjipilica, manifestou-se satisfeito com a visita efectuada à província, uma vez que foram identificadas muitas questões de interesse dos cidadãos.

Pediu aos jovens a estarem cada vez mais ocupados de forma a não se dedicarem a delinquência, assim como ao consumo e comercialização de drogas.


Fonte:angop

DEIXE UMA RESPOSTA