Presidente da ANDA defende inserção dos deficientes físicos em projectos sociais

Kuito – O presidente da Associação Nacional dos Deficientes Angolanos (ANDA), Silva Lopes Etiambulo, defendeu hoje, na localidade de Cangala, município do Chinguar, província do Bié, a necessidade de se inserir os deficientes em projectos sociais e agro-económicos.

O presidente da ANDA teceu estas considerações em entrevista à imprensa momentos depois do ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Kundy Pahiama, ter entregue meios diversos aos deficientes daquela localidade.

Silva Lopes Etiambulo sublinhou que a inserção dos deficientes físicos em projectos sociais passa necessariamente na implementação e execução de cursos socioprofissionais, para que possam se inserir na sociedade sem dificuldades.

Disse ainda que a inserção dos deficientes físicos em projectos sociais vai contribuir na melhoria das condições sociais e económicas daqueles que no passado perderam os seus membros em defesa da pátria.

Referiu ainda que a sua associação em parceria com o Governo angolano está a trabalhar na distribuição de kits de trabalho para diversas áreas visando ajudar os mesmos a melhorar as condições de vida.

O presidente da ANDA considerou importante a entrega de meios aos deficientes daquela localidade, pois, segundo ele, esta acção marca a grande vontade do Executivo angolano em ajudar os deficientes físicos.

Silva Lopes Etiambulo fez parte da delegação do ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Kundi Paihama, à província do Bié, que visou constatar o funcionamento do seu sector ao nível da região.

Fonte: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA