Polícia de Luanda preocupada com justiça pelas próprias mãos

Três homens suspeitos de roubo foram espancados e queimados até à morte, na semana passada, no Kilamba Kiaxi e Viana, por moradores da área, uma situação, de justiça pelas próprias mãos, que está a preocupar a Polícia em Luanda, nos últimos tempos.
O porta-voz do comando provincial de Luanda da Polícia Nacional, superintendente chefe Jorge Bengue, referiu que, dos três casos notificados, dois ocorreram no município de Viana e um no município do Kilamba Kiaxi.
Jorge Bengue explicou que a estes casos há a acrescentar outros cinco ocorridos no mês de Março no município do Kilamba Kiaxi.
O oficial superior da Polícia Nacional alertou a população para que deixe de fazer justiça pelas próprias mãos por ser também um crime previsto e punível por lei.
“Todo o cidadão pode e deve intervir perante um crime, procedendo à detenção do criminoso, que deve ser levado para a esquadra policial mais próxima”, sublinhou Jorge Bengue.
O porta-voz da Polícia em Luanda fez referência a um caso registado em Viana, que só não terminou em morte porque os agentes da ordem pública chegaram a tempo.
“Logo que recebemos a comunicação de que havia marginais a assaltarem pessoas na via pública, a nossa patrulha foi para o local e ainda encontrou pessoas a espancarem os salteadores, um dos quais já estava a ser queimado”, disse o porta-voz da Polícia Nacional em Luanda.

Jorge Bengue acrescentou: “foi rápida a acção dos nossos agentes. Se chegassem cinco minutos mais tarde, a população em fúria terminava com a vida dos meliantes”.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA