Ler Agora:
País fixa novas condições para recrutamento militar
Artigo completo 3 minutos de leitura

País fixa novas condições para recrutamento militar

Hanói – O primeiro-ministro do Vietname assinou uma nova directriz sobre as condições para o recrutamento militar no país, informaram hoje os meios de comunicação oficiais.

A divulgação do documento coincide com uma série de testes militares, inclusive com disparos de armas de fogo, realizados numa zona marítima disputada com a China.

O texto não equivale a uma ordem de mobilização, mas descreve os oito grupos de indivíduos que estariam isentos de prestar o serviço militar em caso de guerra.

“As novas medidas entrarão em vigor a partir de 1º de Agosto”, afirma o jornal militar Quan Doi Nhan Dan.

O primeiro-ministro Nguyen Tan Dung assinou o documento na segunda-feira, quando a Marinha vietnamita abriu fogo de artilharia durante nove horas no Mar da China.

As relações entre o Vietname e o seu poderoso aliado comunista deterioraram bastante nas últimas semanas devido a um litígio a respeito da soberania das ilhas Paracelso e Spratlys.

Dung afirmara na semana passada a determinação do Vietname em proteger a soberania “indiscutível” do seu país sobre estas ilhas.

Os especialistas não descartam um confronto marítimo entre Hanói e Pequim após os testes de segunda-feira. A China, no entanto, garantiu nesta terça-feira que “não recorrerá à força na região”.

A directriz do primeiro-ministro isenta do serviço militar ainda as autoridades do governo e do partido, assim como membros das famílias que tenham apenas um filho.

De acordo com os últimos números oficiais, datados de 2009, o Exército popular vietnamita dispõe de 45.000 militares no activo e cinco milhões de reservistas.

Font: Ango

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »