OTAN ataca edifícios civis em Tripoli

Aviões da OTAN bombardearam, pela terceira vez consecutiva, vários edifícios administrativos e civis em Khalet AL-Fourjan (subúrbio Sul de Tripoli), anunciou a televisão líbia citando um porta-voz militar.
Segundo a fonte, os bombardeamentos  visaram igualmente a região de Al-Gaoullich (130 quilómetros no Sudoeste de Tripoli), causando vários mortos e feridos e numerosos danos materiais.
O raide aéreo em Khalet Al-Fourjan provocou, segundo o porta-voz militar, a destruição de gabinetes administrativos e de numerosos edifícios de habitação perto do local.

Negociações em curso

O ministro líbio dos Negócios Estrangeiros, Abdelati al-Obeidi, encontra-se no Sul da Tunisia, para negociações sobre o futuro do país. Está acompanhado de mais dois ministros.

Ahmed Hijazi, ministro da Saúde, e Ibrahim Cherif, ministro dos Assuntos Sociais chegaram domingo a Djerba, ilha turística do Sul da Tunísia, segundo indicou a agência oficial tunisina TAP. “Os ministros estão a negociar com várias partes estrangeiras”, acrescenta a agência sem mais detalhes. O chefe da diplomacia francesa, Alain Juppé, indicou domingo que “contactos tiveram lugar” entre representantes do Governo líbio e dos rebeldes, nomeadamente sobre o futuro do dirigente líbio Muamar Kadhafi.  A 17 de Junho, o emissário russo Mikhaïl Marguelov, de passagem por Tunes, havia indicado a existência de contactos entre representantes do Governo líbio e da rebelião em muitas capitais europeias e na Tunísia.

 

 

 

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA