O’Neal encerra carreira

Depois de uma época marcada por lesões, o abandono de Shaquille O’Neal não constituiu uma surpresa, sobretudo pelo facto de já ter 39 anos e de há quase duas décadas jogar basquetebol ao mais alto nível. Mas o adeus de “Shaq” não deixou de suscitar reacções, bem como alguma tristeza junto dos seus inúmeros fãs espalhados por todo o Mundo.
O possante poste (2,16 metros e 147 quilos) tornou-se ao longo dos últimos anos um dos símbolos da NBA e num dos jogadores mais bem sucedidos. Retira-se com 4 títulos conquistados e quase 210 milhões de euros amealhados, só em salários. Mas “Shaq” não é apenas sinónimo de força, pontos, ressaltos ou lances livres falhados – o seu principal calcanhar de Aquiles no jogo. Ele é também uma força da natureza, um “monstro” de boa disposição e companheirismo, conforme contou o seu antigo colega de equipa Dennis Scott.
“Quando o meu pai faleceu ele ajudou-me imenso. Estávamos em Dallas, quando a minha mãe me ligou. O ‘Shaq’ carregou a minha mala durante três dias, dividiu o quarto comigo e deu-me todo o apoio possível”, disse Scott.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA