MPLA pede esforço de militantes para os programas de governação

O primeiro secretário do MPLA na Huíla, João Marcelino Typinge, pediu aos militantes dos municípios e comunas para intensificarem as campanhas de mobilização de novos membros para as fileiras do partido, visando as próximas eleições de 2012.
João Marcelino Typinge falava na reunião ordinária do comité provincial do MPLA na Huíla, dirigida pelo coordenador do grupo de acompanhamento do Comité Central para a província, Gonçalves Muandumba.
O responsável partidário frisou que o MPLA na Huíla precisa também de preparar os quadros que vão conduzir o processo eleitoral e os que devem assegurar as instituições do Estado a todos níveis após as eleições do próximo ano.
Sublinhou que o seu partido na província tem neste momento 584.792 militantes, com um acréscimo de 11. 349 novos membros, comparativamente ao último balanço do primeiro trimestre deste ano. “Esse número é bom, mas ainda está longe do compromisso de atingir 693.732 militantes até ao ano 2012”, afirmou, Marcelino Tyipinge, apelando a um envolvimento mais profundo dos comités municipais, comunais e grupos de acompanhamento.
“O crescimento do partido é fundamental para que o MPLA possa ganhar folgadamente as próximas eleições. Precisamos de empreender mais esforços do que em 2008 para alcançarmos uma maior percentagem”, defendeu..
O primeiro secretário do MPLA na província da Huíla pediu o envolvimento de todas as estruturas do partido no acompanhamento da execução das acções inseridas nos programas municipais integrados de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza em curso nos 14 municípios.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA