Milhares de infecções diárias provocadas pelo vírus da Sida

Cerca de sete mil pessoas são infectadas pelo HIV-Sida por dia no mundo e quase 34 milhões de pessoas infectadas não sabem que são portadoras do vírus, segundo um documento da ONU/Sida, lançado para marcar os 30 anos da detecção da doença.
A agência especializada das Nações Unidas disse que mais investimentos, menos desperdício e mais programas são necessários, com urgência, para consolidar os ganhos atingidos na guerra contra a Sida.
O documento destaca o progresso espectacular feito nos últimos 30 anos, desde que epidemiologistas dos EUA descreveram, num estudo de 5 de Junho de 1981, casos de cinco jovens homossexuais cujos sistemas imunológicos haviam sido destruídos.
A ONU/Sida disse que cerca de 34 milhões de pessoas viviam com HIV-Sida em 2010 e quase 30 milhões morreram da doença nas últimas três décadas. A taxa de novas infecções do vírus HIV caíram, mas a ONU/Sida disse que o número total de infecções permanece alto, com sete mil novos casos por dia.
Apesar dos avanços e do aumento de investimentos nos países pobres, a agência confirma que ainda estamos longe do objectivo de “acesso universal” ao tratamento, como a ONU pretendia para 2010.
Para atingir essa meta, mais investimentos vão ser necessários, disse a agência.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA