Merenda escolar chega Bolongongo

O programa de merenda escolar no município de Bolongongo está a beneficiar 800 crianças do primeiro ciclo da escola 221 localizada na sede e o investimento anual é superior a nove milhões de kwanzas, apurou o Jornal de Angola.
A merenda escolar é composta de sumos, iogurtes e bolachas e faz parte do programa municipal integrado de desenvolvimento rural e combate à pobreza. As autoridades anunciaram que o programa vai ser levado a outras escolas da região para atingir um maior número de crianças e melhorar o seu aproveitamento.
No município de Bolongongo está em fase de conclusão uma escola com cinco salas na aldeia de Colonda e a reabilitação de outras três nas comunas de Quikiemba e Terreiro, orçadas em mais de 22 milhões de kwanzas.
A administração Municipal comprou dois tractores com alfaias agrícolas para fomentar a mecanização agrícola na região de Bolongongo como forma de aumentar a rentabilidade das famílias camponesas.

Rede eléctrica

Na sede municipal, a rede de distribuição eléctrica foi reabilitada e expandida depois da aquisição de um grupo gerador de 110 KW que, segundo o administrador de Bolongongo, Passala Velho, “vai tirar da escuridão vários bairros periféricos da vila”.
Quanto à distribuição de água potável às populações já foram concluídas as obras do centro de tratamento e captação de Quiboto e Bolongongo.

Saneamento básico

Para garantir o saneamento básico à vila de Bolongongo, para além das campanhas regulares de limpeza e recolha de lixo, estão a ser construídas latrinas nos bairros, aldeias e na sede da comuna do Terreiro. Segundo apurou o Jornal de Angola, os postos de saúde de Quilonda e Quiboto vão ser reabilitados e apetrechados, numa empreitada avaliada em mais de 21 milhões de kwanzas, enquanto a reactivação do posto de saúde de Manguengue aguarda pela reabilitação das vias de acesso.
As acções sociais no município de Bolongongo também contemplam a revitalização e apetrechamento do centro de apoio às vítimas de violência doméstica, clube recreativo e o seu salão, manutenção e pintura das habitações e estabelecimentos comerciais.

Fonte: Jornal de Angola

1 COMENTÁRIO

  1. Nasci na aldeia de Quiboto/Bolongongo, gostaria que fosse construída uma escola na aldeia porque a que existe não oferece condições, pelo facto de Quiboto ser a primeira aldeia quem entra no município…

DEIXE UMA RESPOSTA