Love bisa e garante vitória diante do Santos FC

Luanda – Ao marcar dois golos (13 e 90 minutos) este domingo, no estádio 11 de Novembro, o avançado Love Cabungula garantiu a vitória (2-0) do Petro de Luanda diante do Santos FC, em partida da 12ª jornada do Girabola2011.

Foi a equipa do Santos quem teve a iniciativa de jogo e só não marcou por ineficácia dos seus dianteiros Lucas e Rainho, aos três e dez minutos respectivamente.

Contra “corrente” de jogo, o Petro chegou ao golo num remate “enroscado” de Love, depois de receber um passe de cabeça do lateral esquerdo Miguel, um golo bastante festejado pelos adeptos “tricolores” que hoje se fizeram presentes em grande número no estádio.

Mesmo em desvantagem no marcador, o conjunto orientado por Romeu Filemon não se sentiu intimidado e apostou ainda mais no seu jogo ofensivo, com sucessivos ataques mais sem êxito, permitindo que o Petro fosse para o intervalo a ganhar.

Na segunda parte, Chiló teve a primeira oportunidade de golo aos 47’, quando recebeu um passe de Mabiná no meio dos centrais do Santos, mas não deu seguimento a jogada.

Rainho seis minutos mais tarde teve uma clara oportunidade de fazer o tento da igualdade, mas atirou ao lado da baliza de Jota B.

Na intenção de resolver as coisas, os dois treinadores apostaram no jogo ofensivo ao efectuarem alterações. Pelo Petro Chiló cedeu lugar à Mabululu, enquanto no Santos saiu Rainho para entrar Bebucho.

Durante cerca de quinze minutos as duas formações tiveram “chances” para fazer golos, só que ficaram apenas pelas intenções. Mabululu o segundo golo a vista, mas atirou a bola ao poste quando estavam decorridos 82.

A passagem do minuto 90, Love voltou a dar alegria aos adeptos do Petro, elevando o resultado para 2-0, na sequência de um cruzamento do recém entrado Nuno, que viu o posicionamento do seu colega para marcar.

Com este triunfo, o Petro de Luanda fica com 23 pontos, menos um que o líder Kabuscorp do Palanca, que nesta jornada perdeu por 0-1, diante da Académica do Soyo.

A partida fica ainda marcada pelo excessivo número de cartões amarelos exibidos pelo juiz Romualdo Baltazar, que admoestou oito atletas, sendo três do Petro de Luanda e cinco do Santos FC.

Resultado ao intervalo: 1-0
Resultado final 2-0
Marcador: Love Cabungula (13’ e 90’)

Equipas:
Petro de Luanda: Jota B, Loló, Etah, Bastos, Miguel, Kembua (Mateus 67 min), Chara, Malamba, Mabiná (Nunno 86’), Love, Chiló (Mabululu 55’).

Treinador: Miroslav Maksimovic

Santos FC: Helder, Chico Caputo, Solange, Lau (Gil Martins 75’), Zezão, Paz, Rainho (Bebucho 55’), Lucas (Didi 87’), Mendonça, Edson e Devigor

Treinador: Romeu Filemon

Árbitro: Romualdo Baltazar
Árbitros assistentes: Inácio Cândido e Rosário Cassinda
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Rainho (7’), Lucas (19’), Mabiná (24’), Chara (36’), e Bastos (60’), Edson (18’), Mateus (90’) e Paz (43’)

Fonte:angop

DEIXE UMA RESPOSTA