Kabuscorp isolado no topo

O Kabuscorp do Palanca cimentou a liderança do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão, Girabola 2011, ao derrotar ontem o Petro de Luanda, por 3-2, no encerramento da disputa da décima quarta jornada, em jogo disputado no Estádio Nacional 11 de Novembro.
Daniel Mpelepele inaugurou o marcador e Sawu bisou para a formação do bairro Palanca, de Luanda, enquanto Love Cabungula apontou os tentos da formação “tricolor”.
A equipa do Kabuscorp entrou a pressionar o último reduto dos “tricolores”, que foi apostando no contra-ataque.
Fruto do melhor discernimento do seu meio campo, o Kabuscorp adiantou-se no marcador, aos 19 minutos, através de Daniel Mpelepele, num golo em que o guarda-redes JB foi mal batido, apesar da força do remate do avançado da formação do Palanca.
Os pupilos de Victor Bondarenko continuaram a pressionar o último reduto dos “tricolores” e podiam ampliar a vantagem, mas os seus dianteiros com a pontaria desafinada não acertavam na baliza.
No reatamento, o Kabuscorp voltou a entrar com uma postura ofensiva que lhe permitiu aumentar a vantagem. Sawu, aos 63 minutos, concluiu uma bela jogada iniciada por Lami.
O Petro de Luanda reagiu e um minuto depois reduziu a desvantagem. Um defensor do Kabuscorp jogou a bola com a mão dentro da grande área e foi assinalada grande penalidade. Love Cabungula, chamado a cobrar, fê-lo com mestria. Com este golo, os “tricolores” sacudiram a pressão e equilibraram a contenda. Mas, Sawu voltou a fazer o “gosto ao pé”, na sequência de um pontapé de canto. O atacante do Kabuscorp acabou por ser expulso por acumulação de cartões amarelos. O jogador foi festejar com insultos em direcção aos adeptos “tricolores”. Já no declinar da contenda, quando tudo indicava que o resultado estava feito, o Petro voltou a reduzir, outra vez de penalty, através de Love Cabungula. Com este resultado, o Kabuscorp sagra-se “campeão de cacimbo”, ou seja, do primeiro turno da competição.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA