Jacques Villeneuve critica novas regras

Jacques Villeneuve considera que as novas regras adoptadas pela Fórmula 1, em 2011, são pouco prestigiantes para a modalidade, com o campeão do mundo de 1997 a considerar mesmo que a Fórmula 1 está a afastar-se de um desporto.
Conhecido pela sua frontalidade, o canadiano confessa que se sente pouco atraído pelas novas regras da Fórmula 1, em especial com o sistema DRS (Drag Reduction System), que reduz o arrasto da asa traseira em recta e facilita a ultrapassagem.
“Forcei-me a ver o GP da Turquia na outra semana, mas tenho de admitir que considero a Fórmula 1 difícil de assistir hoje em dia – é demasiado aborrecida. Muitos dos adeptos dizem que a época tem sido brilhante, mas estou certo de que se vão aborrecer bastante depressa”, escreveu o piloto na edição deste mês da revista F1 Racing.
“É difícil para mim gostar de uma corrida com imensas ultrapassagens, mas sem competição. Ainda se vêem algumas boas batalhas, mas com o DRS vemos os pilotos a desistirem pura e simplesmente, porque sabem que não podem fazer a mínima coisa para impedirem serem ultrapassados na recta seguinte. Não se pode comparar isso a uma ultrapassagem normal. Já não a vejo como um desporto”, acrescentou, garantindo ainda achar que a questão do desgaste dos pneus “é um pouco ridícula”.
“Durante anos, as pessoas queixaram-se de como o automobilismo na América é apenas um grande espectáculo, mas agora a Fórmula 1 é mais um espectáculo do que qualquer outra coisa. Mas depois vejo o David Coulthard na televisão a dizer como a Fórmula 1 é grandiosa, pelo que acho que deve ser.”

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA