Iranianas fora de jogo devido a véu islâmico

O sonho do Irão ter uma equipa a competir no torneio de futebol feminino nos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, foi destroçado por uma decisão inesperada: o véu islâmico que as jogadoras usam durante as partidas infringe as regras da FIFA.
A notícia foi conhecida instantes antes do início do jogo de qualificação diante da Jordânia, e a partida já não se realizou. No relvado, as jogadoras já tinham alinhado para o começo da partida, e algumas receberam com lágrimas e consternação o facto de serem impedidas de jogar.
As futebolistas iranianas jogam com um fato de corpo inteiro e um lenço na cabeça. A responsável pelo futebol feminino da Federação iraniana, Farideh Shojaei, disse à agência Reuters que já tinham sido feitas alterações ao equipamento das mulheres no ano passado, após uma decisão da FIFA: “fizemos as correcções solicitadas e já jogámos um encontro depois”, disse a responsável.
“Não fomos impedidas de jogar a ronda seguinte, e eles não encontraram nada errado. Isso significou que não havia obstáculos no nosso caminho, e que podíamos participar nos Jogos Olímpicos”, acrescentou.
Nas regras da FIFA para o torneio de futebol em Londres 2012 pode ler-se que “jogadores e árbitros não devem exibir mensagens de cariz político, religioso, comercial ou pessoal, ou slogans em qualquer língua ou forma nos equipamentos de jogo”, disse Shojaei. “É extremamente difícil prever qual será o desfecho desta situação, mas acho improvável porque os jogos preliminares não se vão repetir”, apontou.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA