Indústria de abate de aves

Uma unidade com capacidade para o abate de dez mil frangos por mês pode ser instalada dentro de seis meses na província do Bié, numa iniciativa de um consórcio angolano-brasileiro.
Essa informação foi avançada domingo à  Angop, no Rio de Janeiro, pelo empresário angolano Ramires Januário, adiantando que está no Brasil para fazer os últimos acertos e definir com os parceiros a tecnologia a utilizar.
Segundo a fonte, que viajou no voo comercial inaugural do Boeing 777-300ER da TAAG, realizado entre as cidades de Luanda e do Rio de Janeiro, é intenção do consórcio investir na criação de aves para abate.“Vamos trabalhar em parceria com uma empresa brasileira e é nosso objectivo aproveitar a modernização dos Caminhos-de-Ferro de Benguela para instalarmos a fábrica na província do Bié e explorarmos a região centro/sul”, avançou sem adiantar os valores do investimento.

 

 

 

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA