Índice de preços em alta

Situação na Zona Euro continua estável
Situação na Zona Euro continua estável

O índice de preços ao consumidor (CPI) da Zona Euro atingiu, em Abril, o maior nível desde Outubro de há três anos, 2,8 por cento, revelam dados da Eurostat divulgados na segunda-feira.
Em Março, a inflação tinha subido 2,7 por cento. Em comparação com Março, o CPI teve alta de 0,6 por cento em Abril.
O núcleo do CPI – que exclui itens voláteis, como energia, alimentos e tabaco – aumentou 1,6 por cento em termos anuais.
Em toda a União Europeia, a inflação anual cresceu 3,2 por cento em Abril, depois de subir 3,1 por cento em Março.
As menores taxas de inflação, sublinha a Eurostat, foram registadas na Irlanda, República Checa e Suécia. A Roménia teve a taxa mais alta, 8,4 por cento. No geral, a inflação anual subiu nos 16 países do bloco, caiu em oito e permaneceu estável em dois.
Os números da Eurostat reforçam os motivos para o Banco Central Europeu (BCE) apertar a política monetária, apesar de alguns países da periferia da zona Euro estarem altamente endividados, como são os casos da Grécia, da Irlanda e de Portugal.

 

DEIXE UMA RESPOSTA