Guillaume Soro chefia o Executivo

O Presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, investido a 21 de Maio, formou o segundo governo do seu mandato, integrado por 36 membros, segundo um decreto presidencial lido no palácio presidencial de Abidjan pelo secretário-geral da presidência, Amadou Gon Coulibaly, noticiou ontem a AFP.
Ouattara tinha a intenção de formar um governo de união, mas a Frente Popular ivoiriense (FPI), partido do antigo presidente Laurent Gbagbo, pôs como condição a libertação do seu líder, Laurent Gbagbo, preso em Korhogo.
Tal como anunciou na véspera da sua investidura, o novo governo continua a ser dirigido pelo Primeiro-Ministro Guillaume Soro, que conserva igualmente a pasta da Defesa.
O partido RDR, de Ouattara, tem 14 ministros e oito são do Partido Democrático da Costa do Marfim (PDCI), dirigido pelo mais importante dos aliados do novo presidente, Henri Konan Bédié.
Para além da pasta da Defesa e a chefia do governo, a antiga rebelião das Forças Novas (FN), dispõe de quatro postos ministeriais.
O primeiro Conselho de Ministros do novo governo realiza-se hoje em Abidjan.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA