Grupo Julu apela para o teatro nas comunidades

Luanda – O administrador do grupo Julu, Manuel Teixeira, apelou nesta terça-feira, em Luanda, as companhias de artes cénicas a realizarem exibições nas comunidades, de forma a revitalizar os valores morais e cívicos na sociedade.

Em declarações à Angop, Manuel Teixeira apelou aos grupos nacionais a realizarem actuações nas comunidades, de forma a passarem mensagens que destacam os problemas sociais que afligem as comunidades.

Manuel Teixeira considera o teatro comunitário uma das formas mais eficazes de mostrar as pessoas a importância do convívio em sociedade, a conservação do património público e a necessidade da colaboração com as autoridades.

A fonte realça a necessidade dos grupos exibirem peças de intervenção social, visando alertar a comunidade dos vários fenómenos sociais que vão vivendo.

O responsável apela a uma maior interacção entre as administrações municipais e os grupos de teatros, de forma a se criarem condições técnicas para actuações dos mesmos.

Apelou aos grupos a efectuarem actuações nos bairros periférico, com destaque para os mercados informais, de forma a alertar a população sobre os fenómenos ocorrentes no dia-a-dia.

Fonte: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA