General Pedro Neto começou o trabalho

Homologados os resultados da eleições realizadas, na semana passada, pela Federação Angolana de Futebol (FAF), Pedro Neto, o substituto de Justino Fernandes (JF), parece ter encontrado o antídoto para os sérios problemas que afectam a classe de árbitros em Angola. Na entrevista publicada, na segunda-feira, no Jornal dos Desportos, Dito como é tratado no círculo familiar, revelou que durante o seu mandato vai estudar uma melhor forma de remunerar os árbitros, acabando com eventuais promiscuidade entre clubes e juízes. Pedro Neto defendeu a importância de se legislar e regulamentar a acção dos árbitros e, acima de tudo, as suas condições de trabalho. A ver vamos se o antídoto muda as denúncias de corrupção dos árbitros.

in Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA