Ler Agora:
Direito à escola próxima de casa
Artigo completo 2 minutos de leitura

Direito à escola próxima de casa

O Ministério da Educação deu instruções aos responsáveis do sector para que as crianças com necessidades educativas especiais sejam matriculadas nas escolas mais próximas das suas residências, afirmou o Chefe de Departamento do Instituto Nacional para Educação Especial do Ministério da educação, Lucas Luciano.
As direcções das escolas são obrigadas a criar todas as condições para a efectivação do processo.
Lucas Adriano referiu que o Ministério da Educação, através do Instituto Nacional para Educação Especial, está a levar a cabo o processo de inclusão escolar para os alunos com necessidades educativas especiais, nas escolas do ensino geral.
Afirmou que todos os professores que saem das escolas superiores de Educação devem ter conhecimentos sobre necessidade educativas especiais.Lucas Luciano afirmou que cabe às direcções provinciais, através das suas representações do ensino especial, criarem as condições técnicas.
Uma das condições tem a ver com aquisição de material didáctico pelos Governos Provinciais e a construção de infra-estruturas escolares adaptadas para melhor acomodar os alunos com necessidades especiais.
“A educação especial é transversal a todo o sistema de ensino e para tal devem existir condições em todas as instituições escolares do país”, afirmou Lucas Luciano.
O Ministério da Educação vai actuar principalmente com o corpo docente e com a comunidade estudantil, para saber quem são as pessoas com necessidades de educação especial, o que podem fazer e até onde podem chegar.
Lucas Luciano reconheceu que os equipamentos para os alunos com necessidades especiais são onerosos, pelo que pede aos Governos Provinciais para que comprem algum material, na altura em que adquirirem materiais para os alunos do ensino geral.

Fonte: Jornal de Angola

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »