Defendida mais formação política partidária

Ondjiva – A coordenadora do grupo de acompanhamento do Bureau Politico do MPLA, para província do Cunene, Paula Inês, considerou neste domingo em Ondjiva importante e indispensável a formação política e patriótica dos militantes, com vista a preparação das eleições de 2012.

Esta necessidade realçou quando procedia o encerramento do seminário metodológico provincial, sobre a organização do trabalho do partido (MPLA), afirmando que o momento actual, exige uma educação política e patriótica dos militantes face aos desafios que se avizinham.

De acordo com a responsável, todos os militantes do MPLA devem dominar os estatutos da sua formação política, pois só desta forma saberão os seus direitos e deveres, aconselhando-os a seguirem, de forma fiel, as orientações do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, e a serem activistas responsáveis e sérios na sua divulgação nas comunidades.

Sublinhou que os militantes do MPLA precisam de ser vigilantes, disciplinados e consequentemente organizados com base nos princípios ideológicos do socialismo democrático, sobretudo no espírito que consubstancie na construção de uma sociedade moderna, rumo ao desenvolvimento sustentável.

“Com o aumento de conhecimentos políticos científicos, permitirá uma participação activa dos militantes do partido, sobretudo na preservação dos princípios mais elementares do homem que é a liberdade e paz”, frisou.

No seminário decorrido neste fim-de-semana em Ondjiva foram abordados temas, como a organização, mobilização, gestão financeira, formação política e ideológica, política de quadros, económica, social e assuntos políticas eleitorais.

Participaram no encontro dirigido pelo primeiro secretário do MPLA na província, António Didalelwa, membros da comissão executiva, do secretariado provincial, municipal, comunal e quadros ligados aos comités de base do partido no poder.

Fonte:angop

DEIXE UMA RESPOSTA