Combate à inflação é prioridade do Governo

A China enfrenta pressões inflacionárias, cujo controlo é a prioridade política do Governo, disse, no sábado, o vice-primeiro-ministro daquele país.
Li Keqiang fez a afirmação, numa conferência, um dia depois do primeiro-ministro, Wen Jiabao, dizer esperar que as pressões sobre os preços baixem de modo constante, ao mesmo tempo que o país mantém um crescimento económico acelerado.
Embora a taxa de expansão da China, a segunda maior economia mundial, continue acelerada, referiu, o país suporta pressões inflacionárias.
“A China tem de manter a estabilidade dos preços como prioridade máxima” frisou, acrescentando que controlar a “procura pouco razoável” de recursos naturais é outra tarefa importante.
Fan Jianping, pesquisador do Governo, disse esperar que o ritmo de crescimento da inflação desacelere no segundo semestre depois de ter atingido o máximo em Junho, noticiou a agência Xinhua.
A China enfrenta pressões inflacionistas que podem influenciar os curso dos preços das matéras-primas e dos bens industriais acabados, devido à sua condição de país exportador por excelência. O mercado internacional e organizações como a FAO temem esse facto.

 

 

 

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA