Cidadão condenado por auxílio à entrada ilegal de estrangeiro

Mbanza Kongo – O cidadão Mampuya Kamalandua, de 34 anos de idade, foi condenado hoje (sexta-feira), pelo Tribunal Provincial do Zaire, em Mbanza Kongo, à dois anos de prisão efectiva, por crime de promoção e auxílio a entrada ilegal de estrangeiro em território nacional.

O réu, segundo a sentença do órgão judicial, foi interpelado e detido em Janeiro deste ano, por agentes da Polícia Nacional destacados na localidade de rio Loge, município do Nzeto, quando transportava, para Luanda, um cidadão da República Democrática do Congo (RDC), em troca de 30 mil kwanzas.

“No dia 26 de Janeiro de 2011, o réu conheceu nesta cidade de Mbanza Kongo, o declarante Vita Mukola, cidadão da RDC que se encontrava em território angolano ilegalmente. Com ele, acordou prestar-lhe ajuda para viajar desta cidade para Luanda e, em contra partida, o réu pediu-lhe 30 mil kwanza, tendo recebido 12 mil, e os 18 mil restantes deveriam ser pagos após a chegada no destino”, sustenta o acórdão.

De acordo ainda com a sentença, lida pelo juiz da causa e presidente do Tribunal Provincial, Eugénio Domingos, Vita Mukola, cidadão da RDC, foi já repatriado pelo Serviço de Migração e Estrangeiros (SME).

Mampuya Kamalandua, mais conhecido por Salomão, foi ainda condenado a 12 meses de multa a razão de 40 Kwanzas/dia, 60 mil Kwanzas de taxa de justiça e dois mil a favor do seu defensor oficioso.

Fonte: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA