Campeões perdem pontos

Petro de Luanda e Kabuscorp do Palanca disputam hoje às 15h30, no Estádio 11 de Novembro, a partida de destaque da 14ª jornada do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola, que pode definir o “campeão de cacimbo” da prova.
Separados por um escasso ponto, as equipas travam, pela primeira vez na história da competição, um duelo com cariz de clássico, muito por força do crescimento competitivo do Kabuscorp, comandante isolado da tabela classificativa com 27 pontos.
O vasto palmarés do clube, o mais titulado do país, com 15 campeonatos conquistados, permite à jovem equipa petrolífera, às ordens do sérvio Miroslav Maksimovic, equilibrar os pratos da balança na discussão das hipóteses de sucesso esta tarde, no 11 de Novembro, com o novo talismã dos Palancas Negras, que hoje pode registar a sua primeira grande enchente à custa da competição interna.
Enquanto o Kabuscorp do Palanca, equipa orientada pelo russo Victor Bondarenko, apresenta como cartão de visita um assinalável momento de forma, o rejuvenescido conjunto tricolor apela à mística do colosso do Eixo Viário para colocar em sentido o seu adversário.
A condição de segundo colocado, com 26 pontos, faz crescer o interesse dos tricolores na conquista da vitória, pois desse modo atingem a liderança, depois de um atribulado início de época, e ficam a depender apenas de si para fechar a primeira volta no topo.
O percurso vitorioso das equipas permite perspectivar uma partida emotiva, quiçá com vários nacos de bom futebol, ingrediente que tem faltado à competição, mas que os executantes de ambos os emblemas já mostraram ser capazes de fazer esta tarde. Love Cabungula, ponta-de-lança cedido pelo arqui-rival 1º de Agosto, tem sido abono de família do Petro de Luanda.
O avançado soma já dez golos, no comando dos melhores marcadores, quando o Kabuscorp do Palanca tem superado os seus adversários com um futebol envolvente. Doctor Lami é o destaque no plantel montado por Bondarenko. Por várias razões, sobretudo pela vizinhança dos contendores na classificação, a partida desta tarde, a ser ajuizada por Romualdo Baltazar, é classificada como de “alto risco”, daí o reforço da segurança dentro e fora do recinto desportivo, bem como o redobrar dos apelos aos adeptos para a adopção de uma conduta disciplinada, respeitando os valores cívicos.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA