Bairro Operário tem cara lavada

A juventude do Bairro Operário aderiu em massa, ontem, à campanha de limpeza organizada pela Associação Jovem Mwangolé, com o objectivo de proporcionar um ambiente saudável aos seus habitantes.
A campanha consistiu na recolha e eliminação dos principais focos de lixo que no interior do bairro. A empresa Rangol, dedicada ao saneamento básico, e a administração comunal do Bairro Operário juntaram-se à actividade dos jovens do bairro.
Além de tractores, enxadas, pás e sacos para a recolha de lixo, a Rangol colocou no local 100 homens, enquanto a administração comunal cedeu um camião e uma máquina apropriada para esse trabalho.
O director-geral da associação Jovem Mwangolé, Carlos Jorge, considerou positiva a campanha, uma actividade inserida nos esforços do Governo Provincial no âmbito das questões de saneamento básico.
“Temos consciência de que esta pequena contribuição ajuda o Governo Provincial no esforço gigantesco que tem feito para a contínua melhoria das condições do nosso povo”, afirmou Carlos Jorge.
O supervisor da Rangol, António Rodrigues da Silveira, referiu que o envolvimento da empresa na actividade se deveu ao facto de ser a operadora responsável pela limpeza do município do Sambizanga, de que faz parte o Bairro Operário.
O funcionário da Rangol louvou a iniciativa dos moradores do Bairro Operário e agradeceu a presença de jovens de nacionalidade espanhola que também participaram na campanha.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA