Australianos pedem a saída das suas tropas do Afeganistão

A maioria dos australianos (62 por cento) defende o regresso a casa em seis meses das suas tropas no Afeganistão por não acreditar no fim da guerra contra o terrorismo, revelam os resultados de uma sondagem da Universidade de Sidney.
De acordo com os dados de um inquérito a 500 australianos e divulgados ontem pela imprensa local, 63 por cento dos inquiridos não acreditam no fim da guerra contra o terrorismo e apenas 20 por cento estão confiantes de que aquela está a ser ganha pelas forças de coligação.
Neste contexto, 62 por cento dos australianos defendem o regresso a casa das suas tropas em seis meses, dos quais 19 por cento quer um regresso imediato e 43 por cento considera que os militares devem regressar até ao Natal.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA