Apelo à modernização da actividade comercial

Ministra do Comércio Idalina Valente
Ministra do Comércio Idalina Valente

A ministra do Comércio, Idalina Valente, afirmou quinta-feira, em Luanda, na cerimónia de reinauguração da loja Vista Alegre Atlantis (VAA), esperar que outras marcas importantes de produtos de mesa, como porcelana, cristais e vidros, possam estabelecer-se no mercado angolano.
“Desejo que a reinauguração desta loja constitua uma oportunidade para que os nossos artistas e criadores possam inspirar-se em marcas tão conceituadas a nível internacional e fazer levar a nossa cultura para o exterior do país”, disse a governante.
Sublinhou que a marca VAA tem história, marcada por momentos altos e baixos, símbolo de inovação e de criatividade, abrindo oportunidades a novos participantes no mercado, diversificando a sua estratégia empresarial e dando espaço a novos pintores para criarem novos padrões ou desenhos.
“Hoje é gratificante para nós ver que nesta exposição temos também algumas peças de cristal já com aspectos incorporados da nossa cultura (africana)”, afirmou. O administrador delegado do grupo, Gil da Silveira, referiu que na senda da internacionalização, a Vista Alegre está a estudar a inclusão de criações de artistas angolanos em peças que sejam mais apelativas à cultura e ao gosto do consumidor nacional.
A gestão da marca “Vista Alegre Atlantis” em Angola é feita pelo grupo Visabeira, que actua no país há 14 anos. Na exposição estavam patentes produtos de mesa como chávenas para chá e café, cinzeiros, jarras, centros de mesa, pratos dourados e prateados.

 

 

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA