Ler Agora:
Antigo director do FBI investiga caso da FIFA
Artigo completo 1 minutos de leitura

Antigo director do FBI investiga caso da FIFA

A FIFA contratou o antigo director do FBI, Louis Freeh, para recolher provas sobre a alegada corrupção que envolveu os membros do comité executivo do organismo, Mohamed bin Hammam e Jack Warner.
A FIFA assegura que o grupo internacional europeu (FGI, na sigla inglesa) de Freeh vai “trabalhar sob directa supervisão” de Robert Torres, membro do comité de ética do organismo e juiz da ilha de Guam.
Freeh formou o FGI depois de ter sido director do FBI entre 1993 e 2001. Os investigadores vão inquirir os responsáveis pela União de Futebol das Caraíbas a quem, alegadamente, foram oferecidos cerca de 40 mil dólares para apoiar a candidatura de Bin Hammam à presidência da FIFA.
O suíço Sepp Blatter foi reeleito na quarta-feira como presidente da FIFA, depois de Bin Hammam ter abandonado a corrida no domingo, horas antes do painel de ética do organismo anunciar a sua suspensão e a de Warner.

Fonte: Jornal de Angola

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »