AJAPRAZ doou bens ao centro de Menongue

Cinco toneladas de bens diversos foram entregues, ontem, ao centro de acolhimento infantil Mbembwa, em Menongue, pela Associação dos Jovens Angolanos Provenientes da República da Zâmbia (AJAPRZ).
O donativo composto, essencialmente, por sacos de arroz, peixe seco, fuba de milho e roupa usada vai minimizar a carência alimentar e de vestuário das 153 crianças desfavorecidas e em conflito com a lei.
O chefe de departamento para acção social da AJAPRZ, Jorge Gomes, disse que a oferta teve o objectivo de atenuar algumas dificuldades que o centro atravessa, após a morte do seu responsável, padre João Bosco.
O apoio, afirmou, surge em resposta do apelo do bispo da diocese de Menongue.
“Sabemos que os bens que trouxemos não acabam com sofrimento das crianças, mas, de certo modo, minimizar o actual cenário”, referiu, prometendo:“Vamos continuar a prestar a solidariedade dentro das possibilidades”. O bispo da diocese de Menongue agradeceu a oferta, frisando que chegava numa altura difícil para o centro.
“Estamos agradecido pela oferta porque não tem sido fácil conviver com a situação.
D. Mário Lucunde desejou que outros empresários e a sociedade em geral sigam o exemplo da AJAPRZ para ser atenuado o sofrimento das crianças e se evite que andem na rua à procura de comida.O centro de acolhimento Mbembwa, que foi administrado pelo padre João Bosco, falecido na semana passada, é agora tutelado pela direcção provincial do Ministério da Assistência e Reinserção Social (MINARS).

O centro, além de cuidar de crianças desfavorecidas e em conflito com a lei, assiste portadores de deficiência.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA