Administrador quer reforço policial para pôr ordem à actividade de táxi

O administrador municipal da Maianga defendeu ontem, em Luanda, o reforço de efectivos da esquadra da Polícia Nacional do bairro Katintom, comuna do Cassequel, para se controlar os táxis que exercem actividade naquela zona. Manuel Marta afirmou que grande parte dos taxistas que trabalham no Katintom não paga taxa de circulação e desrespeita o código de estrada.
Muitos dos taxistas, referiu, exerciam actividade noutros municípios, mas, com o aumento da fiscalização da Polícia estão a transferir-se para a Maianga.
“É visível como estes taxistas não respeitam as instituições do Governo, criando paragens defronte da administração comunal do Cassequel e da esquadra da Polícia”, lamentou.
O administrador referiu a importância de se estabelecer um horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, pois, disse, muitos deles não têm hora de fecho, situação que deve mudar rapidamente.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA