Adeptos estão optimistas

O encontro entre Angola e o Quénia, hoje, no Estádio 11 de Novembro, da quarta jornada do grupo “J” de apuramento para o CAN do Gabão e da Guiné Equatorial’2012, dominam as conversas dos amantes da bola.
A reportagem do Jornal de Angola visitou o Instituto Médio de Educação Física “Major Saidy Mingas”, onde um grupo de 50 estudantes está mobilizado, para apoiar a Selecção Nacional na partida de capital importância diante do Quénia.
Carlos José, um estudante da 12ª classe, diz que o grupo de alunos já está constituído há uma semana e tem ensaiado cânticos de apoio aos Palancas Negras, denominados “ Força Rapazes “ e “ Somos Capazes”. O finalista do curso de Educação Física está optimista quanto à conquista dos três pontos: “somos favoritos, porque jogámos em casa.Temos de vencer para fugirmos do último posto”, frisou.
Alguns fiéis da igreja D. Bosco, no Sambizanga, confessaram ao Jornal de Angola, que vão orar por uma vitória da Selecção Nacional.
“ Temos de orar pelos nossos irmãos. Esta partida é de capital importância para as aspirações de Angola. Por isso, estamos com os Palancas”, disse José Gaspar.
Quitandeiras do mercado da Chapada, no Marçal, manifestaram-se confiantes num excelente resultado da Selecção Nacional ante os Harambeers Stars. Luísa Joaquim, de 55 anos, disse que Angola é favorita, porque joga em casa e vai ter “uma avalanche de apoio” proveniente de vários pontos do país. “ Estou confiante na vitória. Os nossos jogadores estão a trabalhar bem”, realçou a vendedora.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA