Acordo de livre comércio entre os Estados africanos

Professor Mário Pinto de Andrade
Professor Mário Pinto de Andrade

O professor universitário Mário de Andrade afirmou, na quinta-feira, no Cuito, que um acordo de comércio livre entre países africanos é fundamental na integração e fortalecimento económico do continente. Mário de Andrade, que dissertava num debate, subordinado ao tema “a palavra e a verdade”, disse que a promoção da cooperação, ao nível da economia da região, entre países pobres e ricos, permite a libertação política e económica dos Estados africanos.
A constituição de uma política de mercado comum, frisou, edifica a união económica africana, conferindo estabilidade social as países.
O orador, que referiu a evolução democrática em África, garantiu que o investimento no sector empresarial que emerge no continente e, em particular, em Angola, vai reforçar a estratégia de desenvolvimento interno que os Governos desenvolvem.
Mário Pinto de Andrade falou em particular da província do Bié, sugerindo que o investimento económico deve ser repartido pelas aldeias, comunas e municípios para reforçar a integração interna e dotar a população de poder de compra, contribuindo para a erradicação da pobreza.
O governador do Bié lembrou a responsabilidade dos povos do continente africano na consolidação da independência face aos desafios actuais.
Boavida Neto, que advogou a formação de recursos humanos para maior integração no processo de desenvolvimento global, apelou ao “alargamento da visão africana em relação aos fenómenos que condicionam a evolução do continente”.

 

 

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA